WRL Rádio 1

Dino D’Santiago foi o grande vencedor dos Prémios PLAY

Dino D’Santiago foi o grande vencedor da primeira edição dos prémios PLAY, entregues no passado dia 9 no Coliseu dos Recreios, ao vencer em três categorias. Conan Osíris, Carminho, Pedro Abrunhosa, Dead Combo, Matias Damásio, Valas e Raquel Tavares foram outros dos artistas que venceram uma das categorias. Blaya, a mais nomeada, não conseguiu venceu qualquer categoria.

Nesta primeira edição dos Prémios Play, Dino D’Santiago foi distinguido nas categorias de Melhor Artista Solo, Melhor Álbum e Crítica, com o álbum Mundu Nôbu. Dino apresentou em 2018 um trabalho baseado nas raízes cabo verdianas, mas inspirado nos ritmos electrónicos actuais, criando uma sinfonia cultural que cruza o funaná, o batuku, a morna, a kizomba e o afro-house.

Com produção de Kalaf Epalanga e Paul Seiji, lançado pela Sony Music, Mundu Nôbu começa o álbum com a frase “En ben di Lonji, ma en ka stranjeru nau/ En bá stranjeru, ma en Ka stranjeru nau!”, traduzindo para português: “Venho de Longe, mas não sou estrangeiro/ Fui para o Estrangeiro, mas não sou Estrangeiro”.

Dino D’Santiago tem levado a Nova Lisboa por todo o país e o seu Mundo Nôbu a vários palcos, mostrando a raiz da sua inspiração e evolução do seu percurso enquanto artista.

Vencedores dos PLAY, os prémios da música portuguesa:

Categoria “Melhor Artista Solo”
António Zambujo
Blaya
Dino d’Santiago – Vencedor
Diogo Piçarra

Categoria“Melhor Álbum”
“Mariza” de Mariza
“Do Avesso” de António Zambujo
“Odeon Hotel” de Dead Combo
“Mundo Nôbu” de Dino D’Santiago – Vencedor

Categoria “Melhor Videoclipe”
“Eu Avisei” de Blaya
“Queque Foi” de Boss AC
“Amor em tempo de Muros” com Lila Downs de Pedro Abrunhosa – Vencedor
“Água de Coco” de ProfJam

Categoria “Prémio Lusofonia”
“Se Eu Soubesse” de C4 Pedro
“Din Din Din” de Ludmilla
“Nada Mudou” de Matias Damásio – Vencedor
“Nubian Queen” de Nelson Freitas

“Prémio Crítica”
Dino D’Santiago – Vencedor

“Artista Revelação”
Conan Osiris – Vencedor
Papillon
Sara Correia
Selma Uamusse

“Melhor Álbum Fado”
“Maria” de Carminho – Vencedor
“Branco” de Cristina Branco
“Sempre” de Katia Guerreiro
“Sara Correia” de Sara Correia

“Melhor Artista Internacional”
Ariana Grande
Cardi B
Drake
Kendrick Lamar – Vencedor

“Melhor Canção Internacional”
“No Tears Left To Cry“de Ariana Grande
“God’s Plan” de Drake
“All The Stars” (with SZA) de Kendrick Lamar – Vencedor
“In My Blood” de Shawn Mendes

“Vodafone Melhor Canção”
“Faz Gostoso”de Blaya
“Água de Coco” de ProfJam
“Estradas no Céu” de Valas com Raquel Tavares – Vencedor
“Devia Ir” de Wet Bed Gang

Redes Sociais